sábado, 2 de junho de 2012

Paul Cézanne, ou a invenção da modernidade.

2 comentários:

O Profeta disse...

Um sótão cheio de lembranças
Escrevi no pó palavras sem nexo
Retirei uma cartola de uma caixa de cartão
E senti ao toque o poder da ilusão

Ilusões…
Um cavalo de pau perdido ao carrocel
Uma estola de um bicho qualquer
Uma escultura talhada a cisel

Uma foto a preto e branco
De uma mulher sem rosto
Uma janela virada para nenhum lado
Uma traquitana a imitar o sol-posto

Terno abraço

José Freitas disse...

Um programa recente da SIC Notícias disse mentiras sobre o caso «Equador», que tem partes copiadas de «Cette nuit la liberté».
MST é um «moralista» anti-Esquerda, refiro-me a Esquerda de facto e não a esquerda troikista.
A Censura anda muito activa nos comentários dos blogs. Espero que deixe passar este comentário.
Em www.anticolonial21.blogspot.com está a verdade inconveniente sobre a cópia de partes de «Cette nuit la liberté» por Miguel Sousa Tavares para o livro «Equador».